Biossegurança no ambiente de trabalho: Conheça tudo que você precisa saber

Biossegurança no ambiente de trabalho

A biossegurança no trabalho são as ações voltadas para a prevenção, proteção e minimização de riscos ao trabalhador, visando a preservação da saúde humana e do meio ambiente. O que irá refletir diretamente na qualidade dos resultados.

Trata-se do segmento responsável pela segurança dos profissionais atuantes em empresas em diversas áreas. Algumas empresas atuam dentro de um segmento no qual será exigido mais atenção para este tema, enquanto em outras menos atenção deverá ser dedicada.

Para garantir a segurança dos profissionais, o tema de biossegurança deve ser analisado com atenção e com prioridade, sendo importante para prevenir possíveis acidentes e também eventuais despesas para as empresas.

Neste artigo, você vai conhecer tudo sobre biossegurança no trabalho. Veja porque é importante e as ações desta área, para evitar acidentes de trabalho e preservar a saúde dos trabalhadores. Confira!

O que é Biossegurança e qual a sua importância

O segmento de biossegurança e sua aplicação nas empresas é completamente voltado à segurança dos profissionais, visando preservação da vida.

Em qualquer ambiente profissional, a aplicação das técnicas de biossegurança é de extrema importância para criar um ambiente confiável e seguro para trabalho e colaboração.

A biossegurança consiste em diversas as medidas de segurança e um conjunto de ações voltadas  a garantir a integridade dos profissionais, no ambiente de trabalho.

Para isso, faz-se necessário o hábito das boas práticas de segurança do trabalho e a fiscalização dos riscos inerentes às atividades executadas no ambiente de trabalho, por parte do responsáveis por preservar a segurança.

O ambiente de trabalho que oferece diversos riscos de acidentes, por isso, ele deve ser criteriosamente avaliado e devem-se aplicar as medidas de biossegurança.

Dessa forma, a empresa estará oferecendo a proteção adequada aos seus profissionais.

O que é Biossegurança
A biossegurança consiste em diversas as medidas de segurança

A lei de biossegurança – Lei 11.105/2005

A lei de biossegurança é dividida em 10 capítulos e é um conjunto de ações que definem o ambiente de trabalho ideal para a atuação dos profissionais e define as medidas de segurança que devem ser aplicadas pelas empresas.

Dentro das exigências da Lei 11.105/2005, são detalhadas várias medidas de segurança. O principal objetivo da lei é proteger os profissionais que atuam em áreas de manipulação de organismos e agentes biológicos alterados geneticamente.

Veja o artigo inicial da Lei de Biossegurança:

“Art. 1o Esta Lei estabelece normas de segurança e mecanismos de fiscalização sobre a construção, o cultivo, a produção, a manipulação, o transporte, a transferência, a importação, a exportação, o armazenamento, a pesquisa, a comercialização, o consumo, a liberação no meio ambiente e o descarte de organismos geneticamente modificados – OGM e seus derivados, tendo como diretrizes o estímulo ao avanço científico na área de biossegurança e biotecnologia, a proteção à vida e à saúde humana, animal e vegetal, e a observância do princípio da precaução para a proteção do meio ambiente.”

Outras áreas de atuação que são obrigadas a seguir a lei de biossegurança são por exemplo, hospitais, laboratórios, universidades, indústrias e hemocentros.

Leia também: Normas regulamentadoras – Conheça a lista das NRs brasileiras

Medidas de biossegurança no ambiente de trabalho

A seguir, vamos apresentar alguns pontos principais dentro das medidas de biossegurança são destacados e é obrigação das empresas atuar de acordo com as exigências da lei 11.105/2005.

Higienização corporal

As medidas de segurança que se aplicam na higienização corporal, são fundamentais para prevenir que não ocorra o transporte de unidades patogênicas para áreas públicas.

Entre as medidas de higienização corporal, são aplicadas as orientações sobre uso de maçanetas, botões, telefones e outros objetivos de uso coletivo, assim evitando a contaminação.

Também são medidas relacionadas à utilização de jalecos, luvas e outros acessórios que previnem a contaminação e propagação de doenças.

As medidas de biossegurança de higienização corporal são fundamentais para proteção dos profissionais que atuam em áreas de fácil contaminação de doenças.

Medidas de biossegurança - Higienização corporal
A higienização corporal é fundamental para a biossegurança no trabalho

Higienização do ambiente

São medidas mais indicadas para a higienização correta dos ambientes de trabalho. A higienização correta do ambiente de trabalho inclui vários fatores importantes para a proteção da saúde e da vida dos profissionais.

Entre eles, estão:

  • O descarte correto dos materiais utilizados para manuseio de materiais contaminados ou tóxicos;
  • A higienização correta de ferramentas que serão reutilizadas;
  • Entre outras medidas que são obrigatórias para empresas de várias áreas.

Aos profissionais são expostos a muitos riscos no ambiente que manuseiam certos tipos de químicos, é de extrema importância que o ambiente se mantenha sempre organizado e dentro das medidas da lei de biossegurança para evitar acidentes e eventuais contaminações.

O uso adequado de EPI’s

Outra medida importante de biossegurança no trabalho diz respeitos ao uso correto dos Equipamentos de Proteção Inidividual – EPIs.

Aventais, luvas e máscaras respiratórias, são exemplos de EPIs que atuam na proteção neste tipo de ambiente.

Os equipamentos de proteção individual promovem conforto e confiança para os profissionais que atuam em áreas de risco.

Por isso, é exigido por lei que as empresas incentivem o uso e ofereçam os EPIs adequados os seus profissionais.

Os EPIs promovem conforto e confiança para os profissionais

Conclusão

Empresas e profissionais devem se preocupar com a segurança e prevenir acidentes no ambiente de trabalho.

A Lei de Biossegurança foi desenvolvida justamente para preservar a vida e a qualidade dela aos profissionais que atuam em áreas de risco químico e biológico.

Seguindo as medidas empregadas pela Lei, os hospitais e indústrias, por exemplo, conseguem evitar acidentes, que geram despesas e atingem a vida do profissional, sempre de forma negativa.

Os profissionais também são responsáveis por exigir o cumprimento dessa Lei e de seus direitos. Entre eles, o ter os Equipamentos de Proteção Individual adequados, para que assim possam trabalhar com confiança e segurança.

As medidas de biossegurança são fundamentais para a segurança e o bom funcionamento do ambiente de trabalho.

Quer continuar aprendendo mais? Leia agora mesmo nosso artigo que explica tudo a NR 9 e sua relação com a PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × dois =

WhatsApp chat