Covid-19: como usar a máscara de proteção corretamente?

Máscara de proteção

Com primeiros casos mundiais registrados na China em dezembro de 2019, o novo coronavírus foi identificado pela ciência como SARS-Cov-2, causando uma doença que tem sido chamada de Covid-19. Esta infecção respiratória se espalhou rapidamente a redor do mundo, chegando oficialmente ao Brasil no final de fevereiro de 2020 (embora evidências apontem a possibilidade de o vírus estar circulando no País desde janeiro).

O número de infectados pelo novo coronavírus tem crescido de maneira significativa ao longo das semanas, assim como as mortes registradas pela doença. Por consequência disso, a situação tem gerado preocupação entre a população e causado um grande impacto na saúde pública brasileira. Uma vez que a principal forma de contágio é pelo ar ou pelo contato com secreções contaminadas, uma das recomendações é o uso de Equipamentos de Proteção Individual para proteção contra o coronavírus.

Evitar o contato com pessoas que apresentam os sintomas da doença, bem como não frequentar locais fechados ou com multidões e lavar as mãos com cuidado e regularidade são outros dos principais cuidados recomendados para evitar a doença. No que diz respeito especificamente ao uso de dispositivos de proteção, principal EPI indicado para evitar a contaminação pelo coronavírus é a máscara de proteção.

Entenda o que é a Covid-19

Embora esteja mais em evidência por conta da Covid-19, o nome coronavírus diz respeito a uma família de vírus com perfil microscópico em formato de coroa e que causam infecções respiratórias. Todas as pessoas eventualmente entram em contato com diferentes espécies de coronavírus ao longo da vida, o que não significa necessariamente que isso cause doenças graves e que demandam preocupação.

Os primeiros agentes desse grupo de vírus, capaz de adoecer seres humanos, foram isolados pela primeira vez em 1937. O novo agente do coronavírus que tem trazido tantos transtornos pelo mundo, entretanto, foi descoberto no final de 2019 e a doença causada por ele recebeu o nome de Covid-19. A doença oferece grande impacto à saúde pública, uma vez que traz complicações respiratórias e ainda não possui cura ou tratamento medicamentoso conhecidos.

Por enquanto, o tratamento recomendado tem sido:

  • Repouso;
  • Cuidado com alimentação e hidratação;
  • Uso de medicamentos para alívio dos sintomas (que, em suma, são os mesmos de qualquer outra infecção respiratória, tais como: febre, tosse, dificuldade para respirar e dor no peito).

Conforme foi dito, a transmissão do coronavírus ocorre principalmente pelo contato direto com secreções contaminadas ou pelo ar. As máscaras de proteção respiratória são os Equipamentos de Proteção Individual mais indicados para bloquear as partículas e gotículas, impedindo assim a contaminação do usuário por meio das vias respiratórias. Para que o EPI ofereça a proteção ideal, porém, é fundamental utilizá-lo corretamente.

Como usar a máscara de proteção corretamente?

Quando o uso de EPIs é feito por profissionais, a legislação trabalhista recomenda que a empresa empregadora ofereça treinamento adequado para garantir a correta manipulação do dispositivo. Com a chegada do coronavírus, entretanto, a utilização das máscaras de proteção se tornou rotineira e recomendada para a população em geral — que tem utilizado o equipamento para se proteger ao sair de casa.

Muitas dessas pessoas, porém, não receberam orientação específica para o uso correto do dispositivo. Como consequência disso, é comum que sejam cometidos alguns erros ao vestir e utilizar o EPI — muitos dos quais podem colocar a saúde do usuário em risco. Nesse sentido, vale a pena ficar atento aos seguintes cuidados durante o uso da máscara de proteção respiratória:

Tempo de uso

Máscaras cirúrgicas são descartáveis e devem ser usadas por, no máximo, 2 horas. As de pano — que podem ser usadas pela população em geral para ir ao supermercado, por exemplo — precisam ser trocadas a cada 2 ou 4 horas de uso, e precisam ser lavadas antes de serem utilizadas novamente. As máscaras N-95, por sua vez, são se uso hospitalar e podem ser usadas pelos profissionais por até 15 dias.

Higienização

Conforme foi citado, as máscaras de pano precisam ser lavadas com água e sabão a cada uso. O ideal é que essa higienização inclua um tempo prévio de molho em uma solução com água sanitária e, após a secagem, sejam passadas a ferro dos dois lados.

Cuidado no uso

Embora a presença da máscara seja estranha para a maioria das pessoas, é necessário evitar tocar o rosto a todo momento para ajeitar o EPI. Isso porque as mãos podem ter entrado em contato com superfícies contaminadas, e leva-las ao rosto pode transportar o vírus e favorecer uma contaminação.

Manipulação

Na hora de vestir a máscara de proteção, é indicado que o usuário evite tocar na parte do tecido que ficará em contato com a face, sendo que o ideal é fazer o possível para tocar apenas no elástico. No caso das máscaras que não são descartadas logo após o uso, é preciso ter atenção especial na hora de recolocar o dispositivo: é necessário sempre utilizar o mesmo lado voltado para fora, além de proteger a parte que toca o rosto.

Lave as mãos

A higienização das mãos faz parte dos cuidados básicos contra o coronavírus e, além disso, deve ser feita antes e depois de encostar na máscara de proteção para coloca-la ou tirá-la do rosto. Ao frequentar lugares públicos, é recomendado sempre lavar as mãos antes de encostar no rosto, bem como não ficar ajustando a máscara sem lavar as mãos adequadamente.

EPIs indicados contra Covid-19

As luvas descartáveis são outros Equipamentos de Proteção Individual considerados importantes no combate contra o coronavírus, sendo assim especialmente recomendadas para quem precisa encostar em superfícies e pessoas que podem estar contaminadas. Além disso, é indicada para indivíduos que vão lidar com objetos de uso compartilhado que não foram devidamente higienizados (tais como carrinhos de supermercado).

No caso de profissionais da área da saúde ou outras pessoas que vão entrar em contato com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19, também pode ser necessário o uso de óculos de proteção e avental de segurança.

Quer acompanhar todas as atualizações a respeito da prevenção contra Covid-19 e entender como os Equipamentos de Proteção Individual, sobretudo as máscaras de proteção respiratória, podem ajudar a evitar a doença? Então preencha o formulário abaixo com seu e-mail e passe a receber todo o material informativo produzido pela SafetyTrab!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 + três =

WhatsApp chat