O que é DDS – Diálogo Diário de Segurança?

O que é DDS - Diálogo Diário de Segurança?

Conscientizar os trabalhadores à respeito dos procedimentos e obrigações de segurança no ambiente de trabalho é uma necessidade constante. E uma das formas de manter essa conscientização é com o DDS – Diálogo Diário de Segurança.

O Diálogo Diário de Segurança é um momento de reunião dos trabalhadores, geralmente antes do início do dia de trabalho, no qual eles irão discutir os riscos presentes no ambiente de trabalho e quais as medidas preventivas são necessárias.

O DDS é muito importante para a prevenção de acidentes de trabalhos e garantir o uso correto de EPIs, por parte dos profissionais de qualquer empresa.

Por isso, neste artigo iremos apresentar o que é DDS – Diálogo Diário de Segurança. Saiba qual a importância dele, para o ambiente de trabalho, e veja sugestões de temas para o DDS de sua empresa. Confira!

O que é o DDS?

O DDS – Diálogo Diário de Segurança – é uma ferramenta de conscientização dos profissionais de uma empresa.

Ele é aplicado especialmente para os profissionais que atuam nas áreas operacionais da empresa. Porém, isso não limita a aplicação do Diálogo Diário de Segurança também para profissionais de outras áreas.

Nele, são discutidos aspectos sobre a segurança do trabalho no dia a dia da empresa, tais como a correta utilização dos EPIs – Equipamentos de Proteção Individual –, o respeito às normas de segurança e as boas práticas que podem ser adotadas, para a prevenção de acidentes.

Como o próprio nome já sugere, o DDS deve ser realizado diariamente, geralmente antes do início da jornada de trabalho. A duração do Diálogo gira em torno de 10 a 15 minutos e são conduzidos pelo líder da equipe, mas com participação ativa do Técnico ou Engenheiro de Segurança do Trabalho da empresa.

Diálogo Diário de Segurança
“O DDS é uma ferramenta de conscientização dos profissionais de uma empresa.”

O DDS na Legislação Trabalhista

Na Legislação Trabalhista Brasileira, não existe uma definição específica sobre o Diálogo Diário de Segurança. Porém, em diversas Normas Regulamentadoras, está prevista a obrigatoriedade da empresa conscientizar e educar os profissionais, à respeito da segurança no ambiente de trabalho.

Citando dois exemplos, temos:

  • A NR 1:

“1.7. Cabe ao empregador:

c) informar aos trabalhadores:

I – os riscos profissionais que possam originar-se nos locais de trabalho;

II – os meios para prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa;

III – os resultados dos exames médicos e de exames complementares de diagnóstico aos quais os próprios trabalhadores forem submetidos;

IV – os resultados das avaliações ambientais realizadas nos locais de trabalho.”

  • A NR 9:

“9.5.2. Os empregadores deverão informar os trabalhadores de maneira apropriada e suficiente sobre os riscos ambientais que possam originar-se nos locais de trabalho e sobre os meios disponíveis para prevenir ou limitar tais riscos e para proteger-se dos mesmos.”

Desta forma, é possível dizer que a obrigatoriedade do DDS, apesar de não estar explícita na Legislação Brasileira, garante que a empresa cumpra os aspectos de informações, educação e conscientização dos trabalhadores.

Além disso, o Diálogo Diário de Segurança, possui peso documental. Ou seja, quando registrado, ele garante que a empresa realiza procedimentos de conscientização de segurança. O que poderá ser utilizado até mesmo como prova em eventuais processos trabalhistas futuros.

Por isso, é fundamental manter um registro atualizados dos DDSs realizados na empresa. Assim, além de ter esta segurança legal, será possível também evitar a repetição de temas e registrar quais os profissionais participaram dos Diálogos.

Itens de um bom DDS

Porém, para ser efetivo, o DDS deve ir além das meras dicas de segurança. O engenheiro ou técnico de segurança, ou mesmo o líder da equipe, que for comandar o DDS, deve garantir que a conversa ocorra de modo agradável e fluído.

Por isso, para que um bom DDS seja realizado no seu local de trabalho, aí vão algumas dicas para torná-lo mais efetivo:

  • Estabeleça um horário e defina um local para que o Diálogo Diário da Segurança seja realizado na empresa de forma frequente;
  • Não alongue o Diálogo de modo desnecessário, pois isso poderá causar dispersão entre os funcionários. O DDS deve ser executado entre 5 a 15 minutos;
  • Por conta do tempo curto, os assuntos tratados durante o DDS devem ser objetivos. Por isso, a objetividade com o assunto é essencial para o sucesso desta ferramenta no dia a dia das empresas;
  • Os exemplos utilizados no Diálogo Diário de Segurança devem ser próximos à realidade dos colaboradores. Por isso, procure apresentar situações reais de acidentes de trabalho, além de maneiras de prevenir e proteger a saúde nas atividades realizadas nas empresas;
  • Incentive a participação ativa dos colaboradores durante cada DDS, convidando eles para que tragam assuntos, experiências e conhecimentos próprios sobre os temas tratados;
  • Crie um calendário dos DDS com os encontros e assuntos que vão ser abordados a cada dia.
  • Ao final de cada DDS, deixe um espaço para a apresentação de dúvidas, sugestões e questionamentos por parte dos funcionários.
  • Por fim, documente tudo que for abordado em cada DDS, registrando hora, local, número de participantes, assunto e duração. O registro irá auxiliar no gerenciamento dos DDSs, para observar os temas já abordados e identificar novos temas. Assim como, ter o controle da participação dos colaboradores da empresa.
Diálogo Diário de Segurança
“Para ser efetivo, o DDS deve ir além das meras dicas de segurança”

Exemplos de temas de Diálogo Diário de Segurança

Encontrar bons temas para serem abordados durante o DDS nem sempre é uma tarefa fácil. Afinal, pela sua frequência diária, a criatividade para novos temas de Diálogo Diário de Segurança nem sempre é renovada todos os dias.

Por isso, aí vão algumas dicas de temas de DDS para sua empresa. Se você for o responsável pela aplicação do DDS, poderá propor estes temas para discussão.

E se você for um profissional que participe sempre em DDSs, poderá utilizar algumas destas ideias, para ser pró-ativo e propor assuntos novos aos seus líderes.

Dicas de temas:

Conclusão

A realização de uma Diálogo Diário de Segurança –  DDS, é uma das melhores formas de conscientizar, educar e informar os profissionais envolvidos no ambiente de trabalho de uma empresa.

Ao responsável pela aplicação e condução do DDS, cabe torná-lo ainda mais atrativo, incentivando a participação ativa dos profissionais.

Por isso, convide-os a proporem temas, compartilharem experiências e realizarem perguntas. Assim, será possível tornar o DDS um verdadeiro momento de troca de conhecimento.

Agora que você já sabe o que é o DDS e qual a importância deles para a segurança do trabalho, convidamos você a continuar se informando e aprendendo.

Para isso, preencha o formulário abaixo e receba, em sua caixa de email, os artigos e outros materiais que preparamos regularmente, sobre os Equipamentos de Proteção Individual e sobre Segurança do Trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

catorze + 19 =

WhatsApp chat