Higiene Ocupacional: Conheça os programas de higiene do trabalho nas empresas.

Higiene ocupacional conheça os programas de higiene do trabalho nas empresas

Ao montar o planejamento de segurança de uma empresa, um dos passos mais importantes do processo é o “planejamento de riscos”. Isso pode ser uma previsão dos acidentes que podem acontecer, ou até mesmo a eliminação de máquinas perigosas.

No entanto, também é preciso incluir nesta avaliação, as condições de higiene do ambiente de trabalho.

Afinal, um local de trabalho seguro é aquele que consegue proporcionar uma experiência muito melhor ao funcionário, para que ele exerce suas atividades. E isso inclui as condições higiênicas e sanitárias do local.

Neste artigo, você vai conhecer a importância da Higiene Ocupacional para o ambiente das empresas. Conheça o conceito e veja como implementar um programa de Higiene do Trabalho. Confira!

Confira!

O que é Higiene Ocupacional?

Também conhecida como higiene do trabalho, a Higiene Ocupacional é uma forma de auxiliar na prevenção de acidentes de trabalho, focada principalmente na promoção de bem-estar e qualidade de vida para os funcionários.

Além disso, a higiene ocupacional promove a flexibilização de tarefas dentro da empresa, visando evitar o aparecimento de doenças relacionadas às funções exercidas no decorrer da jornada de trabalho.

Dessa forma, esse programa tem como principal objetivo o reconhecimento e controle de riscos que existem ou possam existir no ambiente de trabalho.

As vantagens de implementar programas de higiene do trabalho nas empresas

Com a adesão dessa nova forma de gerenciamento da segurança no trabalho, uma série de benefícios podem ser notados, justamente por causa da importância que o empregador dá ao seu time.

Um claro ponto que podemos observar é a redução de custos para a empresa. Isso pode acontecer por diversos motivos, tais como:

  • Antes da higienização ocupacional, os trabalhadores frequentemente precisavam de um afastamento por conta de problemas de saúde causados pelo ambiente de trabalho.
  • Acidentes de trabalho que prejudicavam a empresa, que gastava com indenizações e perdia funcionários;
  • Lesões graves acabavam gerando grandes custos à empresa, que tinha que arcar com as despesas médicas dos funcionários e o afastamento.

Além disso, o aumento da produtividade dos funcionários é algo bastante evidente. Pois, a partir do momento que os trabalhadores possuem as ferramentas ideais para o desenvolvimento do trabalho, o serviço passa a ser realizado com uma qualidade muito melhor.

Além do ambiente de trabalho mais protegido, trazendo a sensação de segurança ao colaborador, a adoção de práticas de higiene ocupacional promove um maior equilíbrio entre as relações profissionais e pessoais.

Dessa forma, a higiene do trabalho é capaz de manter os funcionários sempre com uma mentalidade limpa e saudável, totalmente focada aos deveres que devem ser realizados.

A higiene do trabalho é capaz de manter os funcionários sempre com uma mentalidade limpa e saudável

Em quais áreas a Higiene Ocupacional atua?

Durante o processo de higiene ocupacional, diversas áreas da empresa podem ser atingidas por essas mudanças, tais como:

  • Contaminantes: Os poluentes do trabalho, quando reduzidos ou eliminados, previnem doenças e promovem um ambiente mais limpo e saudável aos colaboradores;
  • Estrutural: Tem o principal papel de avaliar quais são os riscos do ambiente de trabalho em questão, assim como as melhores soluções que podem ser tomadas para solucionar esses problemas.
  • Bioestatística: É uma forma de promover o estudo estatístico sobre os casos de enfermidade no trabalho, assim como o uso de produtos químicos nocivos à saúde. Dessa forma, o empregador consegue ampliar sua visão sobre quais os principais problemas a serem resolvidos.
  • Medicina: é influenciada principalmente pela diminuição de doenças causadas pela higiene ocupacional realizada no local de trabalho. Além disso, essa área trabalha nos possíveis agravantes para a saúde do trabalhador, tendo como papel eliminar esses riscos.
  • Epidemiologia: trata principalmente do aparecimento e disseminação de doenças no ambiente de trabalho, assim como o estudo de meios que possam evitar essa ocorrência.

Como implementar e quais as etapas de um Programa de Higiene do Trabalho

Tenho certeza que após conhecer todas as vantagens que essa forma de gerenciamento pode trazer à sua empresa, você deve estar ansioso para descobrir como realizá-las.

Portanto, veja a seguir, as etapas que seguem a implementação de um programa de Higiene Ocupacional.

Antecipar os riscos

Essa etapa é baseada no estudo completo da empresa e de todos os riscos que ela pode oferecer aos funcionários.

Dessa forma, será possível prever os riscos e tomar as devidas medidas para a solução do problema.

Veja também: Mapa de Risco – O que é e para que serve

Reconhecer os riscos

Para reconhecer os riscos que nossa empresa causa aos colaboradores, é preciso realizar uma avaliação quantitativa que se baseie na identificação dos agentes biológicos, físicos e químicos que existem no ambiente de trabalho.

Ao executar esse reconhecimento, deve ser feito um estudo a partir das matérias, serviços e produtos de cada seção da empresa, buscando sempre conter qualquer tipo de problema que cause ou possa causar futuramente à saúde e integridade dos funcionários.

Avaliar os riscos

Esse é o momento em que é preciso avaliar os riscos da empresa e qual é a forma de exposição dos funcionários a eles.

Para auxílio, o uso de máquinas para medir a taxa de químicos e poluentes, por exemplo, é bastante recomendado.

Controlar os riscos

Agora que há a completa ciência dos níveis de exposição dos funcionários aos agentes de risco, precisamos controlar toda a situação, com medidas para a contenção de eventuais problemas.

Nessa etapa, é muito importante a atuação de um profissional de Segurança do Trabalho, responsável por eliminar todos os riscos presentes no ambiente.

Além disso, o uso de EPIs é bastante comum durante essa fase, pois os Equipamentos de Proteção Individual são inseridos na empresa para ajudar a conter qualquer risco que não esteja eliminado.

Controlar os riscos é um passo importante na estratégia de Higiene Ocupacional

Conclusão

Portanto, a Higiene Ocupacional é muito mais do que uma eliminação de riscos que uma empresa apresenta, mas uma completa forma de conter também os possíveis riscos que ela possa vir a apresentar.

Uma empresa gerenciada dessa forma, pode obter recompensas que afetem positivamente até mesmo a produtividade dos funcionários, criando um bem-estar essencial para o desenvolvimento de qualquer negócio.

Agora que você já sabe o que é Higiene Ocupacional e qual a importância desse conceito para a segurança do trabalho, convidamos você a continuar se informando e aprendendo.

Para isso, preencha o formulário abaixo e receba, em sua caixa de email, os artigos e outros materiais que preparamos regularmente, sobre os Equipamentos de Proteção Individual e sobre Segurança do Trabalho!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × um =

WhatsApp chat