Luva nitrílica: Para que serve e quando utilizar

luva nitrílica

A luva nitrílica é muito útil para os trabalhadores de diversas áreas, como na medicina, no processamento de alimentos ou outros setores, nos quais as luvas descartáveis são necessárias.

Mas, como elas são de uso único e descartáveis, muitas vezes não pensamos muito sobre quais as aplicações adequadas deste tipo de EPI.

Neste artigo, você vai conhecer mais detalhes sobre as luvas nitrílicas. Saiba quais são os usos recomendados para este tipo de luva e qual o modo de correto de retirar as mesmas. Confira!

Índice do artigo

O que é a luva nitrílica?

As luvas nitrílicas são equipamentos de proteção individual que se popularizaram graças ao seu uso na área da saúde, aonde essas luvas rapidamente se tornaram substitutas para as luvas de látex.

O nitrilo, material deste tipo de luva, fornece a mesma proteção contra perfurações, cortes e produtos químicos que as luvas de látex. Porém, o nitrilo é um agente bem menos agressivo que o látex, em termos de reações alérgicas.

Muitas pessoas sofrem de alergias ao látex. Por isso, a luva nitrílica é preferida, pois são feitas de borracha sintética.

Isto explica a popularização dele na área da saúde. Pois, mesmo que o portador da luva não seja alérgico ao látex, ainda assim, alguém atendido por este profissional poderá ser.

O nitrilo também é um material mais forte que o látex – na verdade, é até 3 vezes mais resistente a perfurações.

No entanto, costumava haver uma grande diferença na sensação tátil entre as luvas nitrílicas e as de látex.

Embora isso ainda seja parcialmente verdade, as técnicas de fabricação continuam melhorando e a diferença entre o látex e o nitrilo não é tão grande, quanto era antes.

Uma outra vantagem das luvas nitrílicas tem a ver com preço. Por serem feitas de materiais sintéticos, a luva nitrílica é bem mais acessível, do que as de látex.

Composição e fabricação das luvas nitrílicas

O nitrilo é um látex sintético, com uma composição de propriedades físicas resistentes a óleos e combustíveis de petróleo. O material em si é fabricado em laboratórios e não possui origem natural.

Por conta disso, a produção de uma luva nitrílica é mais barata do que a produção de uma luva de borracha natural de látex.

As luvas nitrílicas são fabricadas com as formas das luvas sendo mergulhadas em uma solução de nitrato de cálcio e esta solução coagula na forma de luva.

Uma vez que a solução de nitrato de cálcio tenha secado uniformemente na forma de luva, ela agora é mergulhada na solução de nitrilo, para formar a luva em si.

Veja também: 5 dicas para economizar na compra de Equipamentos de Proteção Individual

Quais os usos das luvas nitrílicas?

As duas principais categorias profissionais nas quais são utilizadas as luvas nitrílicas são na indústria e na área da saúde.

As luvas nitrílicas de nível industrial são mais adequadas para aplicações que envolvem o manuseio de produtos químicos e/ou solventes agressivos.

Indústrias que usam este tipo de luva incluem:

  • Automotivo;
  • Serviços alimentícios;
  • Limpeza, entre outros.

Embora setores como serviços de alimentação tenham requisitos específicos que as luvas precisam atender, eles não são tão rigorosos quanto aquelas que serão utilizadas na área da saúde.

Na área da saúde, a luva nitrílica é utilizada em áreas onde há risco de contato com patógenos sanguíneos e/ou contaminantes ambientais.

Elas são utilizadas em setores da área da saúde, tais como:

  • Hospitais;
  • Laboratórios;
  • Consultórios odontológicos;
  • Veterinárias, entre outros.

Como remover a luva nitrílica?

A forma como as luvas nitrílicas são removidas após a utilização é um passo importante para garantir que eventuais agentes contaminantes não se espalhem.

Colocar as luvas corretamente requer um pouco de cuidado para garantir que o material não se estique demais. Isso pode causar pequenas lágrimas que deixam sua pele vulnerável.

A seguir, confira o passo a passo para remover corretamente e em segurança a luva nitrílica:

  1. Aperte a parte externa da luva, na região da borda da luva;
  2. Vá retirando a luva, virando ela ao avesso;
  3. Puxe a luva para fora, até que ela seja removida completamente da mão. Segure a luva do avesso, com a outra mão;
  4. Com uma das mãos já sem luva, repita o procedimento 3 para a outra mão;
  5. Continue puxando a luva para baixo e sobre a primeira luva. Isso garante que ambas as luvas estejam do avesso, com uma luva envolvida dentro da outra, sem o risco de contaminantes nas mãos.

Observação: Uma boa ideia é praticar, com a retirada de luvas ​​que não tenham sido utilizadas. Dessa forma, se você precisar de algumas tentativas até acertar, não terá que se preocupar com o contato com agentes potencialmente perigosos.

Veja também: Cuidados com o EPI – Quando é possível reutilizar ou comprar equipamentos usados?

Agora que você já sabe o que é a luva nitrílica e qual a sua importância para a segurança do trabalho, convidamos você a continuar se informado e aprendendo sobre o tema.

Para isso, preencha o formulário abaixo e receba, em sua caixa de email, os artigos e outros materiais que preparamos regularmente, sobre os Equipamentos de Proteção Individual e sobre Segurança do Trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro − três =

WhatsApp chat