Luvas descartáveis de procedimento: por que usar?

luvas descartáveis de procedimento

Indicadas especialmente para profissionais da área da saúde ou por aqueles que trabalham em contato com produtos de limpeza, as luvas descartáveis de procedimento são Equipamentos de Proteção Individual de uso único. Isso significa, portanto, que o par de luvas deste tipo deve ser descartado logo após o uso, minimizando as chances de contaminação no hospital ou clínica.

De acordo com dados da Secretaria do Trabalho, as mãos destacam-se como uma das partes do corpo que estão mais suscetíveis a acidentes de trabalho, uma vez que podem sofrer cortes, queimaduras, traumas, lesões e contaminações químicas ou biológicas. Por isso, é essencial adotar procedimentos e equipamentos que visam a segurança das mãos.

Qual a importância das luvas descartáveis de procedimento?

A luva de procedimento é um EPI descartável de uso obrigatório para médicos, enfermeiros, socorristas e demais profissionais que trabalham em contato com fluidos orgânicos e mucosas. Este é um tipo de dispositivo de proteção que tem a finalidade de proteger não apenas o profissional, mas também o paciente, reduzindo consideravelmente o risco de transmissão de bactérias e vírus causadores de doenças.

É fundamental, portanto, que a luva descartável seja utilizada em todos os tipos de procedimento — desde os mais invasivos (em que a luva precisa ser estéril) aos mais simples. Além de utilizar as luvas, é importante que o profissional sempre lave as mãos rigorosamente antes e após a realização do procedimento, garantindo dessa forma a limpeza e remoção de qualquer microrganismo ou substância.

Utilização correta das luvas descartáveis de procedimento

O uso incorreto de um EPI pode significar o desperdício de recursos para a empresa, além de representar uma grande falta de responsabilidade com os riscos envolvidos na atividade. Por isso, é essencial que as luvas descartáveis sejam utilizadas de maneira adequada e de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde e as regras estabelecidas pela Norma Regulamentadora 32.

Em resumo, a maneira correta de utilizar as luvas descartáveis de procedimento é bastante simples, bastando apenas seguir as seguintes regras básicas:

  • Sempre descartar imediatamente a luva após a finalização do procedimento;
  • Jamais reutilizar as luvas, mesmo que ela seja lavada após o uso;
  • Enquanto estiver usando a luva, o profissional deve evitar encostar em superfícies e materiais que não estejam envolvidos no procedimento;
  • Nunca utilizar luvas rasgadas ou furadas, por mais que o buraco no EPI seja mínimo;
  • Sempre descartar a luva de procedimento no lixo destinado a resíduos hospitalares, e nunca no lixo comum;
  • Sempre trocar as luvas ao entrar em contato com outro paciente ou quando mudar de um ambiente contaminado para um limpo;
  • Utilizar luvas de tamanho e tipo adequado para o procedimento a ser realizado.

Como escolher a luva ideal?

Existem luvas descartáveis de diversos tamanhos, e identificar a medida mais adequada é essencial para que o EPI realmente garanta a segurança no procedimento. Quando a luva está muito apertada, por exemplo, ela pode rasgar com maior facilidade ou incomodar o usuário, atrapalhando seu trabalho. Uma luva muito grande, por sua vez, pode dificultar o manuseio de utensílios e a execução de procedimentos delicados.

Em geral, os tamanhos de luva variam de 6 a 11. Nesse sentido, para escolher o tamanho ideal é preciso verificar apenas se ela não está sobrando na ponta dos dedos ou se não está esticada demais, limitando a movimentação dos dedos.

Tipos de luvas descartáveis de procedimento

As luvas de procedimento podem ser feitas de diferentes materiais, cada qual mais indicado para uma aplicação específica. Assim como o tamanho, a escolha adequada do material que compõe a luva é essencial para que o EPI realmente funcione como uma barreira. Os principais tipos de luvas descartáveis são os feitos de látex, nitrila e vinil. Conheça a seguir as principais características de cada material:

Luvas de látex

São as mais comuns e mais utilizadas, uma vez que possuem um custo de produção considerado baixo, são confortáveis e funcionam como uma barreira de proteção muito eficiente. Além disso, essas luvas de procedimento se adaptam facilmente às mãos e são fáceis de manusear. A maior desvantagem deste material, porém, é que alguns profissionais e pacientes apresentam sensibilidade a ele, o que pode ocasionar reações alérgicas.  

Luvas de vinil

As luvas descartáveis de vinil, por sua vez, são construídas a partir de um polímero sintético que raramente causa reações alérgicas. Este material é muito resistente à proliferação de fungos e bactérias, bem como à rasgos e perfurações, mas também oferecem resistência ao manuseio junto à pele. Para contornar essa desvantagem, geralmente é utilizado talco para que a luva de vinil entre com mais facilidade na mão do usuário.

Luvas de nitrila

Possuem alto grau de resistência a produtos corrosivos e, por isso, seu uso é indicado em procedimentos médicos que lidam com substâncias consideradas perigosas. Esta característica faz com que as luvas descartáveis de nitrila sejam as preferidas também na indústria química. Como desvantagem, a nitrila apresenta custo mais elevado.

Como descartar as luvas de procedimento?

Retirar e descartar as luvas de maneira correta é tão importante quanto utilizá-las adequadamente, evitando assim o risco de contaminação após o uso. Nesse sentido, é essencial seguir os passos:

  • Como o dedo indicador de uma das mãos, pegue a borda da luva da mão oposta e puxe-a até a ponta do polegar;
  • Usando o indicador da mão que está com a luva presa no polegar, puxe a borda da outra luva e retire-a completamente;
  • Neste momento, você deve estar com apenas uma mão utilizando luva. Basta retirar a outra, encostando na parte interna do EPI (que estará exposta justamente por causa da borda que você prender no polegar).

Aproveite para aprender ainda mais sobre o uso de Equipamentos de Proteção Individual e Segurança do Trabalho: preencha o formulário abaixo e receba os artigos e demais materiais que preparamos regularmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete + 14 =

WhatsApp chat