Protetor Auricular e Abafador de Ruídos: Conheça a diferença e saiba qual utilizar

Protetor Auricular e Abafador de Ruídos

Em um mundo repleto de obras e trabalhos barulhentos, é muito comum nos depararmos com profissionais usando abafadores de ruídos e protetores auriculares.

De longe, esses são os equipamentos de proteção auditiva mais conhecidos e utilizados em situações que exigem muito do nosso ouvido.

Porém, você sabe qual a diferença entre eles e qual a função de cada um? Para não cometer erros ou faça o uso inapropriado desses equipamentos, iremos te mostrar tudo sobre esses protetores nesse artigo!

A importância dos EPIs de proteção auditiva

A deficiência auditiva vem se tornando uma doença cada vez mais comum nos dias de hoje. Principalmente devido à grande exposição a ruídos que sofremos frequentemente.

Porém, os grupos mais afetados são os trabalhadores industriais, que muitas vezes negligenciam o uso de equipamentos tão importantes, como o protetor auricular e o abafador de ruídos.

Cerca de 15% dos profissionais que atuam em indústrias sofrem desse problema. Dados assim, foram capazes de alertar até mesmo o Ministério do Trabalho, que considera inviável qualquer atividade constante que ultrapasse 85 decibéis.

Além disso, um ambiente de trabalho com exposição a altos níveis de barulho e ruídos, pode ter uma série de consequências à qualidade de vida do trabalhador, trazendo consigo problemas como:

  • Tensão Emocional;
  • Estresse;
  • Irritabilidade;
  • Sintomas de depressão;
  • Perda de memória de curto prazo;
  • Dificuldades para dormir;
  • Ansiedade.

Veja também: Ansiedade e estresse no trabalho: Como lidar em ambientes potencialmente inseguros?

Portanto, se você se encontra em algum grupo de risco, saiba que existem Equipamentos de Proteção Individual (EPI) que podem te ajudar na sua barulhenta jornada de trabalho.

Tratam-se dos abafadores de ruídos e protetores auriculares, que são muito comuns em ambientes que podem provocar estresse auditivo.

Protetor Auricular e Abafador de Ruídos - danos

Estamos expostos a ruídos frequentemente

O que é um abafador de ruídos

O abafador de ruídos é um equipamento bastante difundido entre os trabalhos que exigem proteção auditiva.

Ele é formado por duas conchas com espuma em sua cavidade interna, unidas por uma espécie arco ajustável de plástico.

Bastante semelhante a um fone de ouvido ou headset, o abafador possui papel de bloquear qualquer som do lado de fora, diminuindo sua intensidade.

Quando ele é utilizado?

O abafador de ruídos é bastante recomendado para ambientes de trabalho barulhentos, que possuam uma intensidade sonora de 85 decibéis ou mais.

Porém, é muito importante lembrar que, mesmo contando com a grande eficiência desse equipamento, precisamos ficar atentos à intensidade do ruído, pois este pode ser um fator igualmente prejudicial.

Nesse caso, o trabalhador deve evitar permanecer mais de 8 horas em ambientes muito barulhentos, sendo recomendado sempre a utilização dos EPI’s.

As vantagens e desvantagens dos abafadores de ruídos

Assim como qualquer outro equipamento, o abafador de ruídos possui uma série de vantagens e desvantagens para o seu uso.

Principais vantagens do abafador de ruídos:

  • É extremamente confortável, sendo recomendado principalmente em ambientes frios;
  • Pelo seu grande tamanho, os meios de fiscalização são bastante facilitados, pois podem ser vistos de longe;
  • Por ser um equipamento ajustável, o abafador serve para todos os tamanhos
  • Fácil manuseamento e colocação;

Principais desvantagens do abafador de ruídos:

  • Por ser um equipamento grande, não é possível carregá-lo na maioria dos bolsos de roupas;
  • Frequentemente entra em conflito com o uso de óculos pessoais ou protetores oculares, devido ao seu grande tamanho;
  • É um equipamento para uso individual, portanto, seu uso coletivo pode favorecer contágios;
  • Dificuldade para higienização.

O que é um protetor auricular?

O protetor auricular é um equipamento de inserção, muito indicado para ambientes com grandes níveis de ruídos ou barulhos desagradáveis aos nossos ouvidos, protegendo a integridade auditiva.

Porém, ao contrário do abafador de ruídos, o seu uso deve ser aprovado pelos setores de higienização, medicina e segurança do seu trabalho. Por ser um equipamento mais “invasivo”, o trabalhador pode encontrar algumas barreiras ao experimentá-lo.

Quando ele é utilizado?

Esse EPI possui uma enorme variedade, tendo cada modelo, uma característica diferente. Dessa forma, seu uso é bastante recomendado em ambientes que produzam ruídos entre 15 e 21 decibéis.

Sendo assim, pode ser usado em ambientes que sejam barulhentos, mas não em grande intensidade, pois consegue barrar apenas uma certa quantidade de som.

As vantagens e desvantagens dos protetores auriculares

Mesmo que seja um produto bastante prático para bloquear ruídos, o protetor auricular deve ser avaliado pela equipe de segurança da sua empresa, pois pode não ser o suficiente para proteger contra o barulho.

Portanto, aqui vão algumas vantagens e desvantagens dos protetores, para ajudá-lo nessa escolha de EPIs.

Como vantagens do protetor auricular, podemos citar:

  • Uso prático, sendo facilmente manuseável;
  • Não interfere no uso de outros EPIs, como protetores oculares;
  • Mais barato do que outros equipamentos de proteção auditiva;
  • Pode ser depositado e carregado em qualquer lugar;
  • Não é afetado pelo ambiente.

Como desvantagens do protetor auricular, podemos citar:

  • Exige frequente higiene e esterilização;
  • Só podem ser inseridos em ouvidos saudáveis;
  • Por ser pequeno, é fácil perdê-lo de vista;
  • É difícil de enxergar, atrapalhando o processo de fiscalização ou monitoramento;
  • Pode ser difícil de ajustar para conforto;

Protetor Auricular ou Abafador de Ruídos: Como escolher qual utilizar?

A principal dúvida que muitas pessoas possuem sobre o uso desses EPIs é: Quando devo utilizá-los?

Sem dúvidas, essa é uma pergunta bastante abrangente, mas pode ter como resposta um “depende da situação”.

Antes de nos preocuparmos com o equipamento ideal para o ambiente de trabalho, devemos estudar sobre a intensidade de ruídos que irá incidir durante o dia a dia, fazendo uma avaliação quantitativa.

Essa medição é realizada através de um Decibelímetro, que registra os picos de ruídos. Dessa forma, as condições do ambiente de trabalho é quem acabam sendo os fatores decisivos na escolha do material correto para ser usado.

Além disso, o uso desses aparelhos pode variar de pessoa para pessoa, devido à sensibilidade auditiva de cada um. Em certos casos, também é possível fazer o uso dos dois equipamentos de uma vez só, se o local de trabalho for extremamente barulhento.

Portanto, a melhor dica é: oriente os profissionais de sua empresa a experimentar os aparelhos e decidir qual é o melhor, claro, sempre contando com a orientação de especialistas. .

Doenças auditivas podem trazer muitas consequências negativas para o dia a dia de qualquer pessoa.

Por isso, sempre esteja atento se o seu ambiente de trabalho não está sendo muito exposto a ruídos que possam afetar o sistema auditivo dos profissionais e, se estiver, a regra é sempre procurar um EPI correto, para evitar danos maiores.

Agora que você já sabe o que é um protetor auricular e um abafador de ruídos, qual a diferença entre eles e a importância destes EPIs para a segurança do trabalho, convidamos você a continuar se informando e aprendendo.

Para isso, preencha o formulário abaixo e receba, em sua caixa de email, os artigos e outros materiais que preparamos regularmente, sobre os Equipamentos de Proteção Individual e sobre Segurança do Trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

doze − oito =

WhatsApp chat