O que observar ao comprar EPI

O que observar ao comprar EPI

A escolha correta dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) pode gerar muitas dúvidas. Porém, com essas dicas, você poderá tomar a decisão mais acertada no processo de compra.

Necessidade
O primeiro passo para uma compra correta de equipamentos de proteção individual é identificar quais os riscos e quais as necessidades de proteção do trabalhador. Permita que seu engenheiro ou técnico em Segurança do Trabalho e outros funcionários auxiliem no processo de compra de EPI. Eles sabem exatamente quais são suas necessidades de proteção, além de ser uma forma de criar um bom clima organizacional.

Quantidade
O cálculo da quantidade correta de EPI é essencial para uma encomenda que supra as necessidades de sua empresa e, ao mesmo tempo, não inclua itens supérfluos. Para isso, observe dois pontos:
1- o número de integrantes na equipe de trabalho
e
2- a rotatividade dos equipamentos em determinado período

Qualidade
Sabendo qual a sua necessidade e quantidade, é hora de escolher o seu EPI. Existem no mercado diversos fabricantes, com preços mais caros ou mais baratos. Porém, neste momento é prioritário investir em produtos de boa qualidade, com a garantia do Inmetro e com Certificado de Aprovação (CA) do Ministério do Trabalho. Além disso, observe os custos de manutenção do produto. O investimento em qualidade pode garantir não só um EPI mais duradouro (e sua consequente economia a longo prazo), mas a saúde e até mesmo a vida do trabalhador.

Observando esses três requisitos você poderá ter mais segurança ao comprar seu EPI. Se gostou das dicas, curta e compartilhe! Aproveite, ainda, para conferir os equipamentos de proteção individual da Safety Trab.

 

Receba Novidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.